HL Informática Com. Serv. Ltda

Sistemas Integrados

Faturamento

Estoque

Fluxo Financeiro

Escrita Fiscal

Folha de Pagamento

Sistemas de Automação

Controle Automotivo

Controle de Vendas

Controle de Abastecimento

Controle Transportadoras

Controle de Ponto

   Seu IP é 54.90.159.192

Clientes
 

Cliente

Senha

 
 

Esqueceu a Senha

HL SYSTEMS
Página Principal
Sistemas
WebDesign
Notícias
Enquêtes
Clientes
Downloads
Artigos
Reportagens
A Empresa
Área de Atualização

Fale Conosco
Vendas
Suporte
AutosXP - Vendas
AutosXP - Suporte

 Últimas Notícias

10/1/2014 - Dilma usa Twitter para falar pela primeira vez sobre crise no MA

A presidente Dilma Rousseff usou, na manhã desta sexta-feira (10), sua conta no Twitter para comentar, pela primeira vez, a crise no sistema carcerário do Maranhão. Por volta das 10h, ele publicou a primeira, de uma série de sete publicações, sobre o tema.

"Tenho acompanhado com atenção a questão da segurança no Maranhão", disse Dilma. A presidente ainda lembrou que em dezembro a Força Nacional foi enviada, a pedido dela, para o Estado.

Violência acontece porque Maranhão está mais rico, diz Roseana
Procurador-geral deve pedir intervenção federal no Maranhão
Ministro da Justiça anuncia comitê contra crise em prisões do MA
Conselho quer que MA apresente um plano emergencial para prisões

Dilma ainda disse pela rede social que o Ministério da Justiça ofereceu vagas em presídios federais para presos do Maranhão e que apoia o mutirão de defensores públicos que farão a análise da situação dos presos.

A presidente ainda comentou sobre a decisão da governadora maranhense, Roseana Sarney (PMDB), que criou um comitê gestor integrado para tratar do tema.

"O comitê, coordenado pelo Governo do Estado, envolve os poderes e MP maranhenses, além do @JusticaGovBR [perfil do Ministério da Justiça] p/ ações nos presídios do MA. Essas medidas são similares àquelas encaminhadas nos casos de SP, RJ, SC, AL, PR, por exemplo", disse.

O Maranhão vive uma crise no sistema penitenciário. Somente de janeiro do ano passado até agora 62 presos foram mortos no complexo de Pedrinhas, na periferia de São Luís, capital do Estado.

Numa rebelião de dezembro, por exemplo, três presos foram decapitados. Os próprios presos filmaram a cena de selvageria, em vídeo divulgado pela Folha na última terça-feira.

 

Agencia : FOLHA SP

 

 

 

 
 

HL Informática Com. e Serv. Ltda - © Copyright 2002 | Termos do Serviço | Privacidade